Orgone & Neurons

A reinvenção da vida

“Todos nós envelhecemos e, concomitantemente a este processo, temos alterações cerebrais, bem como em todo o organismo. Há diferenças no desempenho de diversas tarefas, quando comparamos o idoso ao jovem, por exemplo. Não somente, devem-se controlar doenças, tais como diabetes e hipertensão, para manter a saúde do cérebro”, afirma Sonia Brucki, membro do Departamento Científico de Neurologia Cognitiva da Academia Brasileira de Neurologia (ABN).O mundo envelhece e isso não é mais novidade, agora temos que mudar paradigmas para lidar bem com essa realidade. Um deles é que o idoso, mesmo saudável, deve ficar em casa, no sofá, de pijama para não correr riscos na rua, porque não pode mais se cuidar, ou ainda devido ao fato deter trabalhado muito durante a vida, agora deve descansar, ser tratado como incapaz muitas vezes ou até mesmo ser infantilizado no tratamento das pessoas em geral com ele. Não há certo ou errado!A opção é de cada um e não há que se julgar essa condição, agora tomar essa decisão do que fazer da vida, cabe ao indivíduo e não à sociedade. Ele precisa saber que há outros propósitos que ele pode viver em sua vida e esses propósitos estão contidos neste processo que ganha força mundial atualmente: a reinvenção!

Mas,afinal o que é a reinvenção?

Reinventar é criar algo a partir do que já existe, transformar a si, a algo ou outrem, transformar o cotidiano.

Reinvenção em muitos aspectos, inclusive em relação à trabalho, se assim desejar o indivíduo. Hoje, a “expertise” daqueles que viveram anos á fio num mercado específico, ou ainda daqueles que viveram vitórias e derrotas, e neste momento de vida já não privilegiam as ações impulsivas e agem com mais cautela podem ser um grande diferencial no mundo dos negócios, como empreendedor, mentor, orientador.

A outra expressão importante é “empreender”, será que quando falamos de empreendedorismo estamos falando de trabalho, novos negócios, empreendimentos empresariais necessariamente?

O que à princípio ouvimos ao falar de reinvenção e empreendedorismo às pessoas da terceira idade, na maior parte das vezes são os comentários como: já não tenho mais idade; não quero ter com o que me incomodar; já trabalhei muito na vida; não conseguiria, pois não tenho mais condições de dar conta, entre outros muito mais no viés pessimista do que no otimista.

Mas, com a longevidade e a ciência aumentando a expectativa de vida cada vez mais, há que se pensar que agora é a hora de fazer coisas que nunca foram feitas, realizar sonhos que ficaram engavetados por anos devido à outros compromissos profissionais, familiares, pessoais, bem como utilizar a experiência de vida, de trabalho e a maturidade para viver bem, com prazer e ser feliz.

Empreender é muito mais do que ter uma boa ideia ou abrir seu próprio negócio.

Empreendedorismo é algo que pode ser desenvolvido em todos os âmbitos de nossas vidas e ao longo dela, e isso independe da idade cronológica. Adotar uma proposta de vida saudável, fazer uma atividade física, aprender a aprender sempre, adotar posturas mais flexíveis perante a vida, mudar coisas de lugar em sua casa (visto que nunca gostamos realmente de alguns objetos ali presentes, mas como era “tradicional” que fosse daquele modo, mantemos sem questionar se haveria um outro objeto, móvel, enfeite que pudesse fazer a diferença), ter flores perfumando o seu redor, música ambiente, comer o que realmente saboreamos e gostamos, e enfim, se for o seu desejo,, por que não abrir um negócio?

O que realmente importa é se colocar em movimento para ir encontrando as respostas ao longo do caminho, então, se passa pela sua cabeça que não precisa aprender mais nada ou acredita que seu tempo de aprender acabou e não há mais nada e nem como aprender novos conceitos inclusive em relação à si mesmo e à vida, é hora de rever suas ideias e conceitos, libertar-se das crenças limitantes, dos padrões mentais impostos por si mesmo, pela cultura e sociedade por tantas gerações, valorizar seus talentos, portanto é hora de REINVENTAR-SE!

Compartilhe:
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Mara Cristiane Rodrigues Aguila

Mara Cristiane Rodrigues Aguila

Psicóloga e Neuropsicóloga
Inscreva-se na Newsletter: